Guardas, salva vidas e músicos da Guarda Municipal de São Luís fazem paralisação de advertência

Guardas, salva vidas e músicos integrantes da Guarda Municipal de São Luís decidiram hoje fazer uma paralisação de advertência em protesto, pela falta de promoção prevista dentro do regimento da instituição e com todo o processo concluído. Eles registram que todos os procedimentos com avaliações foram concluídos em agosto, mas a efetivação das promoções ainda não houve autorização do prefeito Eduardo Braide.

O movimento reivindicatório diz que a paralisação de advertência feita hoje (03), é apenas para lembrar as autoridades sobre os direitos deles, registrando que o interesse da categoria é viver em sintonia com o executivo municipal e aberta para contribuir como o desenvolvimento da cidade de São Luís, sem abdicar dos seus direitos e muito menos dos seus deveres.

Mesmo com a paralisação de advertência, os postos de salva vidas da Ponta D’areia e Olho D’agua permaneceram em plantão, alerta e pronto para entrar em ação para qualquer caso de emergência, relatam as lideranças do movimento. Eles também comunicaram a decisão a Secretaria Municipal de Segurança e Cidadania e esperam que o problema seja resolvido o mais rápido possível, uma vez que a categoria não quer conflito, apenas o reconhecimento dos seus direitos e que eles sejam honrados, esperando por uma resposta sensível do prefeito Eduardo Braide.

Fonte: AFD

 

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *