Coronel Ivaldo Barbosa deixará o PMN e prega enfrentamento a extrema pobreza com políticas públicas

O coronel Ivaldo Barbosa anunciou que está deixando o PMN e que tem propostas de outros partidos, mas não está interessado no momento em ingressar em outra agremiação partidária. O militar faz uma crítica, de que quando as pessoas assinam a ficha de filiação são recebidas com muitas promessas e logo em seguida passam pelo processo de não terem acesso nem as diretrizes do partido ao qual se filiou.  Daí para a frente são estimulados a se candidatarem com promessas, e posteriormente acabam ficando a mercê da própria sorte e são transformadas em bucha.

O militar da reserva remunerada da PM, decidiu com apoio de inúmeros amigos formar um grupo e vem fazendo um trabalho coletivo pela formação de consciência crítica de eleitores, principalmente na questão do voto, procurando mostrar a todos a importância do voto e as consequências, quando se vota em troca de qualquer coisa e mais ainda quando está em jogo uma cesta básica.

A dura realidade da pandemia tem mostrado o oportunismo de muita gente e mais precisamente de políticos insaciáveis, distribuindo cestas básicas, mas na verdade estão fazendo troca, diante da necessidade e da fome, o que se pode observar pelo próprio interesse vivo do governo estadual. Não se pode generalizar, uma vez que existem pessoas e entidades que realmente fazem ações de combate a fome com a respeito à dignidade humana das milhares de vítimas da extrema pobreza e que vivem na miséria e com fome, registra o coronel Ivaldo Barbosa. O clientelismo acentuado é pregado com desonestidade, não por todos, mas por uma maioria de grupos políticos. Infelizmente não vemos quaisquer iniciativas de legislativos e executivos por políticas públicas sérias e transparentes, inclusive com a valorização do ser humano, que ainda busca ser incluído no contexto da sociedade. A política pública proporciona a que as pessoas possam sofrer transformações e humanizadas, destaca o coronel.

Fonte: AFD

 

 

 

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *