Apoio que Edivaldo Holanda Jr promete a Flavio Dino pode abortar sua candidatura pelo PSD

Está previsto para a próxima semana, a filiação do ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior no PSD, e de acordo com entendimentos com a direção estadual e nacional ele será candidato a governador do Maranhão pela agremiação partidária, inclusive com a sua ficha a ser abonada por Gilberto Kassab e pelo deputado federal Edilázio Júnior, dirigentes nacional e estadual do PSD, em solenidade que pode ser em São Luís ou em Brasília.

Desde a semana passada começou a circular informações de que o ex-prefeito Edivaldo Holanda Jr teria tido um encontro com o governador Flavio Dino e ambos fizeram um acordo pelo qual o ex-prefeito de São Luís, sendo candidato a governador por um partido de oposição, e o apoiará como candidato ao senado federal.

A notícia caiu como uma bomba dentro do PSD e não se sabe por enquanto do desfecho, uma vez que como partido de oposição diretamente ao governador Flavio Dino, em hipótese alguma aceitará acordo de tal natureza.

Diante do que se especula é que Edivaldo Holanda Jr teria sido chamado por Flavio Dino e aconselhado a se recompor com base governamental e ser candidato a deputado federal. Como o ex-prefeito nunca teve liderança explícita e sempre seguiu pelo bastão dos outros e nem tem grupo político, não está descartada a hipótese, mas se tiver efetivamente cunho de verdade, ele ainda não se posicionou perante o PSD.

Para quem pretende se manter vivo na política, a se confirmar a atitude de Edivaldo Holanda Jr de um acordo com Flavio Dino, ele se tornará totalmente desacreditado e o seu capital político poderá ser altamente afetado pela falta de crédito e posicionamento político partidário.

Fonte: AFD

 

 

 

 

 

 

O seu endereço de e-mail não será publicado.